Siga-nos por Email:

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Um poema para o abismo

ECO

as crianças estão brincando no e-mail da rua.
as crianças pavimentaram a brincadeira de roda.
o jogo não roda porque a máquina não tem memória.
o homem não grita. e se joga tampouco,
porque o precipício não mais reverbera.


(Moacir Eduão)

2 comentários:

  1. Não é que É verdade... o precipicio não mais reverbera...

    ResponderExcluir

Para receber as postagens por e-mail:

Digite seu email aqui:

Delivered by FeedBurner