Siga-nos por Email:

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

ABBA

Eu adoro falar sobre músicas e faz tempo que queria fazer um post sobre o ABBA, o problema é que a história do grupo é tão grande que não caberia em um único post! 

O mais engraçado na minha relação com o ABBA é que eu passei a gostar deles tardiamente, já com meus 20 anos, pois antes eu achava o grupo brega, com músicas desinteressantes! Até que um dia eu parei pra pensar e percebi que estava tão errada que hoje sinto até vergonha em ter que admitir isso! 

Para quem não conhece a história, o ABBA foi um famoso quarteto da Suécia, formado em 1972, que se tornou popular nos anos 70 e começo dos 80. "Waterloo", foi a primeira música com sucesso internacional da banda, mas foi com o álbum “Arrival” que eles se tornaram um fenômeno, com músicas como “Fernando” e "Dancing Queen", que chegou ao topo das paradas de dezoito países. 

           

Em 1979 a banda lançou o álbum “Voulez-Vous” e iniciou uma grande turnê mundial. Em 1981, os dois casais, Björn/Agnetha e Benny/Frida já divorciados, lançam o álbum “The Visitors”. Apesar de nunca terem brigado ou feito um encerramento oficial, o grupo lançou seu último single, chamado "Thank You for the Music", em 1983 e depois disso nunca mais lançaram nada. 

Em 1999, a discografia do grupo foi adaptada para o musical “Mamma Mia!”, que já foi assistido por mais de 42 milhões de pessoas, sendo o musical de maior sucesso de todos os tempos! Por conta do sucesso, a peça também foi adaptada para o cinema em 2008! E claro, eu adorei o filme! 

           

Até hoje o ABBA tem canções clássicas como "Mamma Mia", "Chiquitita", "Knowing Me, Knowing You", "S.O.S", "Take a Chance on Me", "The Winner Takes It All" e muitas outras. Eu particularmente achava "The Winner Takes It All” extremamente brega, música pra quem já foi traído ou algo assim, até que parei para analisar a letra, baseada na separação de Björn e Agnetha. Ele escreve, ela canta perfeitamente! É tanto profissionalismo por parte deles que eu me encantei com a música, sendo hoje uma das minhas preferidas!

            

Michele Lima

7 comentários:

  1. Puxa, o Abba, gosto muito!
    Nos meus tempos de juventude ouvia muito, mas não era tão fã, mesmo porque tinham conjuntos muito mais incríveis, como Beatles e Rolling Stones, mas quando há 3 ou 4 anos atrás, fui ver o filme Mamma Mia todo com músicas do ABBA, apaixonei-me e até comprei um DVD deles, com todas aquelas músicas.
    Eles são um marco de um tempo, amados demais na Suécia e agora conhecido por todos, inclusive os da nova geração, coisa que só a música é capaz.
    Que bom ver uma jovem curtindo música boa!
    um abraço carioca



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Beth, vc disse um coisa legal, a nova geração tb gosta do ABBA! Esses dias uma aluna minha de 16 anos estava escutando Voulez-Vous! Poucos grupos conseguem através o tempo e o ABBA é um deles!!!

      Bjs e obrigada pelo comentário!

      Excluir
  2. Sou fã do quarteto ABBA desde 1979, quando Chiquitita foi lançada. Depois disso assisti ao lançamento de Super Trouper e The Visitors e descobri todos os albuns anteriores do grupo. O meu elemento preferido é a Agnetha Faltskog e aguardo com alguma ansiedade o lançamento do seu novo CD e, quem sabe, a presença de todos no Festival Eurovisão da Canção/2013 que se realiza na Suécia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prof. Horácio estou na espectativa de vê-los tb nesse Festival, seria extremmente emocionante!

      Excluir
  3. Sabe Mi, eu gosto quando você fala de música, aprendo muito :) Eu sou louca para assistir o filme Mama Mia, mas ainda não chegou o dia, qualquer hora quando passar nas Americanas eu enfrento a fila e trago para casa, tem todos os elementos que curto em um filme. E sim, ótimo post :)

    ResponderExcluir
  4. Gosto do Abba desde criança, amo ouvir o cd deles no meu carro.

    ResponderExcluir

Para receber as postagens por e-mail:

Digite seu email aqui:

Delivered by FeedBurner