Siga-nos por Email:

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Pra quem detesta ação

"Plano de Fuga" começa com um bandido (Mel Gibson) fugindo da polícia dos EUA após roubar uma boa quantia em dinheiro. Na fuga, ele ultrapassa a fronteira e acaba sendo preso pelos policiais mexicanos. A quem pertence o dinheiro roubado e quem afinal é o personagem principal são algumas das questões do filme.

O personagem, que fará todas as suas ações usando o nome do atual marido de sua ex-esposa, fica em um presídio chamado de "El Pueblito", que funciona como uma cidade de presidiários. Não demora muito para o personagem perceber que há uma hierarquia naquela "cidade", onde os próprios bandidos possuem armas e alguns tem acesso à um estilo de vida consideravelmente melhor do que outros. Quem vai ajudar o personagem de Mel Gibson a compreender melhor o local é um menino que vive ali com a sua mãe. 


O fato de que o menino é protegido pelos criminosos mais poderosos de "El Pueblito" é mais um dos mistérios do filme. Assim, o filme nos apresenta uma dupla onde um pode ajudar o outro e onde nós, espectadores, ficamos tentando desvendar todos os segredos da história. Mas, cuidado, o filme não é um suspense! É um filme de ação!

Eu não sou fã desse gênero e acabo detestando 90% dos filmes de ação que eu assisto, mas desse eu até gostei. Não digo que eu veria outras vezes, mas o que eu quero dizer é que eu consegui ficar envolvida pela história até o seu final - final que, aliás, não é imprevisível. As cenas de ação, lógico, contam com todas as "mentiras" das quais esses filmes usam e abusam. Vale dizer, para quem detesta ação como eu, que o filme valeu muito mais pela sua história e todos os pontos que precisam ser explicados e resolvidos do que pela pela ação. 


Também vale dizer que Mel Gibson é ator, produtor e roteirista do filme. E que embora o filme se passe dentro de um presídio mergulhado em corrupção, no México, com todo um visual que nos parece sincero, o objetivo desse filme está longe de ser mostrar a realidade.

3 comentários:

  1. Também não sou fã de filmes de ação, dificilmente assisto, quem gosta desse gênero é minha mãe então talvez esse filme seja uma boa pedida para ela!

    ResponderExcluir
  2. eu tb não gosto do gênero ação, mas tem alguns que se salvam por causa de uma história mais elaborada, como o Preço do Amanhã. Pq filme que segue receita de bolo é um saco, e filme de ação é sempre isso: alguém querendo vingança de alguém e indo a extremos para isso. Sem falar nos carros subindo escadas, cavalos de pau e capotagens sinistras.

    ResponderExcluir
  3. HAHAHAHA Eu não curto as histórias nem a cenas de ação mesmo! Nunca vi "O Preço do Amanhã", mas estou pensando em dar uma chance então!

    ResponderExcluir

Para receber as postagens por e-mail:

Digite seu email aqui:

Delivered by FeedBurner