Siga-nos por Email:

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Reflexão para o Natal, o Ano Novo e a vida toda

 Como Natal para mim significa dar glórias a Jesus, nosso Deus que se fêz homem, não deve ter sido por acaso que esse texto chegou a mim. Nosso Deus é o mesmo Jesus, que nasceu para que a vida tivesse um sentido, em meio a tantas calamidades, tantos abusos, tanta perversidade. Jesus nasceu para nos mostrar que o modelo de ser humano não é "isso" que vemos hoje.
É preciso acordar para a vida e reconhecer um Deus que nos pareça real, como Jesus o foi.
Feliz Natal a todos e que 2012 seja com muita saúde e paz. 

                                            DEUS 

Pare de ficar rezando e batendo no peito.
O que Eu quero que faças é que saias pelo mundo e desfrutes de tua vida.
Quero que gozes, cantes, te divirtas e que desfrutes de tudo o que Eu fiz para ti.
Pare de ir a esses templos lúgubres.
Templos obscuros e frios que tu mesmo construíste e que acreditas ser a minha casa.
Minha casa está nas montanhas, nos bosques, nos rios, nos lagos, nas praias.
Aí é onde Eu vivo e aí expresso meu amor por ti.
Pare de me culpar por tua vida miserável.
Eu nunca te disse que há algo mau em ti ou que eras um pecador,
ou que tua sexualidade fosse algo mau.
O sexo é um presente que Eu te dei e com o qual podes expressar teu amor,
teu êxtase, tua alegria.
Assim, não Me culpes por tudo o que te fizeram crer.
Pare de ficar lendo supostas escrituras sagradas que nada têm a ver comigo.
Se não podes me ler num amanhecer,
numa paisagem,
no olhar de teus amigos,
nos olhos de teu filhinho...
Não me encontrarás em nenhum livro!
Confia em mim e deixe de me pedir.
Tu vais me dizer como fazer meu trabalho?
Pare de ter tanto medo de mim.
Eu não te julgo, nem te critico, nem me irrito, nem te incomodo, nem te castigo.
Eu sou puro amor.
Pare de me pedir perdão.
Não há nada a perdoar. Se Eu te fiz...
Eu te enchi de paixões, de limitações, de prazeres, de sentimentos,
de necessidades, de incoerências, de livre-arbítrio.
Como posso te culpar se respondes a algo que Eu pus em ti?
Como posso te castigar por seres como és, se Eu sou quem te fez?
Crês que eu poderia criar um lugar para queimar a todos os meus filhos
que não se comportem bem, pelo resto da eternidade?
Que tipo de Deus pode fazer isso?
Esquece qualquer tipo de mandamento, qualquer tipo de lei.
Essas são artimanhas para te manipular, para te controlar, que só geram culpa em ti.
Respeita teu próximo e não faças o que não queiras para ti.
A única coisa que te peço é:
Preste atenção a tua vida, que teu estado de alerta seja teu guia.
Eu te fiz absolutamente livre.
Não há prêmios nem castigos.
Não há pecados nem virtudes.
Ninguém leva um placar.
Ninguém leva um registro.
Tu és absolutamente livre.
Livre para fazer da tua vida um céu ou um inferno.
Esta vida não é uma prova.
Nem um degrau, nem um passo no caminho, nem um ensaio,
nem um prelúdio para o paraíso.
Esta vida é a única que há aqui e agora, e a única que precisas.
Não te poderia dizer se há algo depois desta vida.
Mas posso te dar um conselho. Vive como se não o houvesse.
Como se esta fosse tua única oportunidade de aproveitar, de amar, de existir.
Assim, se não há nada, terás aproveitado da oportunidade que te dei.
E se houver, tenha certeza que Eu não vou te perguntar se foste comportado ou não.
Eu vou te perguntar se tu gostaste, se te divertiste...
Do que mais gostaste?
O que aprendeste?
Pare de crer em mim.
Crer é supor, adivinhar, imaginar.
Eu não quero que acredites em mim.
Quero que Me sintas em ti.
Quero que Me sintas em ti quando beijas tua amada,
quando agasalhas tua filhinha,
quando acaricias teu cachorro,
quando te banhas no mar.
Pare de louvar-me!
Que tipo de Deus ególatra tu acreditas que Eu seja?
Me aborrece que me louvem.
Me cansa que agradeçam.
Tu te sentes grato?
Demonstra-o cuidando de ti, de tua saúde, de tuas relações, do mundo.
Te sentes olhado, surpreendido?
Expressa tua alegria!
Esse é o jeito de me louvar.
Pare de complicar as coisas e de repetir como papagaio o que te ensinaram sobre mim.
A única certeza é que tu estás aqui, que estás vivo,
e que este mundo está cheio de maravilhas.
Para que precisas de mais milagres? Para que tantas explicações?
Não me procures fora!
Não me acharás.
Procura-me dentro... aí é que estou, batendo em ti.


 Recebi esse texto por e-mail e o copiei. Não que não acredite na Bíblia, não que não acredite em Deus. Mas ele me pareceu racional, pois tenho muitas dúvidas quanto ao que está escrito na Bíblia. Como "quem conta um conto, aumenta um ponto", será que as milhares de traduções pelas quais a Bíblia passa não omite ou aumenta algum ponto? 
Com a idade, aprendi a não ter medo de Deus. 
A acreditar que também somos responsáveis pelo que nos acontece. 
Que Deus não é vingativo. 
Que Deus não nos pune por nossos atos. 
É fundamental que nos amemos uns aos outros.
E jamais façamos ao outro o que não queremos que façam conosco.
São duas regras, duas leis, dois mandamentos que mudariam o mundo, se fossem seguidos à risca.
Como não leio algo sem querer saber mais sobre o autor, fui ao Google e pedi por Spinoza, que pode ser também Espinosa e Baruch é também Benedictus, ou Bento. E nenhuma referência a que ele tenha escrito o texto acima. Acho que alguém pegou as ideias dele e montou o texto. Ou o texto existe, mas não nesse formato.
Coloquei-o aqui, para reflexão, porque todos somos adultos pensantes e cada um tire sua conclusão. 
Continuarei acreditando Nele, mesmo O vendo sob outra ótica.
Para quem, como eu, não conhecia Spinoza, o link  abaixo é importantíssimo, vai lá e beba da mesma fonte.
Dedico o post à querida Glorinha, que com seu conhecimento  saberá, com certeza, sobre Spinoza. 
Desejo que nosso Natal seja de muita harmonia e amor. Que o Menino Jesus nos abençoe a todos.
E que 2012 seja de muita saúde e paz para nós, pois tendo os dois, temos forças para vencer as adversidades.
Para entender melhor a linha de pensamento de Spinoza, é fundamental ler: http://www.consciencia.org/spinoza.shtml


(Foto Google, sem crédito)

13 comentários:

  1. NATAL... Ô Gonócio totozo... sô!!!

    Que o Barbudinho aniversariante e o outro barbudinho gordinho trazam muita felicidades, Paz, Amor e muiiiiiita saúde pra ocê e tudus os teus.

    São os votos do Tatto e Xipan
    Deusssssssssskiajude

    P.S.- Esta mensagê é fruto da minha ôtoria e foi escrevida em, ( crtl+c = crtl+v ) descaradamente... rss

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, Xipan. Conhecer você, em 2011, foi uma alegria.
    Feliz Natal e um 2012 com saúde e paz.

    ResponderExcluir
  3. Obrigada por compartilhar seus caminhos e descobertas Lúcia, quem em 2012 possamos continuar sendo companheiras de virtualidade, de vida \o/ Obrigada mesmo... Que possamos conhecer Deus todo dia um pouco mais...

    Cheros amiga!!!

    ResponderExcluir
  4. Mais um post com sua marca registrada: maravilhoso!

    Essa "conversa" com Ele é totalmente sábia, amei!

    Querida: ótimo Natal para Você e sua família. Meus melhores desejos pra vocês!

    bjnhs e parabéns pelo post.

    ResponderExcluir
  5. Querida Lúcia, também lhe descobri aqui e foi um presente ler esse texto na véspera do Natal. Um lindo Natal para você e sua família, e que 2012 traga muitas alegrias e aprendizados. Um beijo carinhoso, Deia.

    ResponderExcluir
  6. Venho te ofertar minha amizade, neste tempo de festas e dizer que mesmo que sejamos amigos virtuais, tenho esta amizade como semente para uma frondosa árvore que num futuro próximo nos dará sombra e uma PAZ interior.Tudo de bom e maravilhoso, não somente agora nesta época,para por todo o SEMPRE, para você e os seus.
    Um afetuoso abraço,
    Rubi Valente.
    p.s.-Como devemos seguir as boas coisas, já estou SEGUINDO seu blog!

    ResponderExcluir
  7. Feliz Natal...
    E no Ano Novo,
    Que todo o tempo,
    Consigas o Renovo
    Muita Saúde,Alegria,
    Sabedoria,
    E o AMOR,
    Não apenas passional,
    Mas,sempre,
    E de toda gente,
    E quando acontecer a dor,
    Que seja apenas circunstancial,
    Pois tu és vocacionada,
    Apenas para a aurora boreal
    Para a tua estrada,
    Todas as luzes e cores,
    E do AMOR,todos os sabores...
    E sobretudo,
    muita Paz Espiritual...
    e apesar de todos e de tudo,
    um estar no mundo,
    sempre contente,
    com uma alegria simples,
    mas,
    COMOVENTE,
    INCANDESCENTE
    E GENUÍNA,
    COMO A TUA LUZ,
    MENINA..
    BEIJOSSS...DE ALCAÇUZ,
    EM TU E...
    EM TUA SINA.
    Daniel Barthes.

    ResponderExcluir
  8. Querida
    Grata pelio compartilhar Que seu Natal tenha sido fraterno.
    bjs

    ResponderExcluir
  9. Interessante o texto.Gostei da percepção.

    ResponderExcluir
  10. Querida: um 2012 muito grande de felicidades pra Você e sua Família!

    Amei muito este texto, eu tb acho que a gente tem de parar com essa história de se penitenciar, a gente tem é de viver e deixar viver!

    bjnhssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  11. Oi Lúcia,
    Feliz Ano Novo! Que ele venha repleto de saúde, paz e prosperidade para você e sua família.
    Beijos e até 2012.

    ResponderExcluir
  12. Lucia, vim te dar um delicioso abraco, e desejar a vc e sua familia com esses netinhos lindos que vc tem um 2012 abencoado.

    Um graaaaaaaaande e fooooooooooooorte abraco.

    ResponderExcluir
  13. Olá Lúcia!

    Tenho que lhe agradecer os comentários simpáticos e amigos com que me foi brindando ao longo desta ausência. Obrigada!

    Desejo-lhe do coração um 2012 repleto de alegrias e paz.

    Beijinhos

    ResponderExcluir

Para receber as postagens por e-mail:

Digite seu email aqui:

Delivered by FeedBurner