Siga-nos por Email:

domingo, 29 de julho de 2012

Outro mundo



Eu queria morar num livro, mudar de livro como quem muda de cidade, ser amiga dos personagens e viver as coisas mais loucas. A literatura é o que tem sido melhor para mim. As coisas tem mais sentido, as pessoas são mais ousadas e corajosas. Isadora é personagem da trilogia autobiográfica de Erica Jong. Adoraria uma amiga como ela. Minhas amigas são muito certinhas. Chamei uma delas pra ir numa exposição de arte e ela respondeu: agora já estou de pijama. Eram 18 horas, já estava na cama, pleno sábado à noite. 

Será que as coisas boas e divertidas só acontecem nos livros? Poetas e escritores não passam de mentes imaginativas? Eu conheci um escritor pessoalmente no lançamento do último livro, saí pra beber tequila com ele e outros amigos. Foi uma noite incrível, não me decepcionei em nada com a presença dele, ao contrário, queria ficar mais tempo. Mais tempo. O tempo não tem sido bom companheiro.

As pessoas a minha volta não conseguem me acompanhar. Talvez os que tenham os mesmos gostos literários consigam. Viver entre iguais enquanto o tempo passa. E passa. As pessoas vão ficando cada vez mais distantes e desanimadas. Será que estou sempre fazendo escolhas erradas? Que preço maldito pagamos pra viver em civilização. Como são chatas essas pessoas.

Ano passado eu sonhava que estava numa montanha russa e gritava para parar porque tinha medo. A última vez que sonhei com ela nem tive e era bem mais divertido. Estou perdendo o medo das coisas. A literatura me liberta, pena que o mundo onde vivo não é livre. Só em outro mundo posso voar e salvar minha vida.

3 comentários:

  1. Amei seu texto!!

    Me fez lembrar uma citação: “As pessoas me esvaziam. Raramente encontro uma pessoa rara ou interessante. É mais que pertubador, é um choque constante” Charles Bukowski

    ResponderExcluir
  2. Giuliara, suas indagações;

    Será que as coisas boas e divertidas só acontecem nos livros?

    ...acontecem também ao contemplar a brisa da manhã,
    ...acontecem quando respiramos sonhos simples de criança, soltas pelo jardim da Vida.

    Luz do Amanhecer

    ResponderExcluir
  3. Giuliara, o mundo dos livros certamente pode ser mais bonito, mais interessante. Mas é baseado na vida real. A arte imita a vida.
    Ler é muito bom e faz parte da vida.
    Beijo!

    ResponderExcluir

Para receber as postagens por e-mail:

Digite seu email aqui:

Delivered by FeedBurner