Siga-nos por Email:

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Não sou gente



Faltei com minha postagem ontem, só que ontem foi um dia muito esquisito de uma semana muito estranha. Era carnaval e deixei para postar na quarta-feira de cinzas. Sinto as cinzas desse dia em minha pele e não é porque sou religiosa, nem estou em clima de penitência não. O povo ficou bebendo, rindo e se divertindo. Escolhi ficar em casa e aproveitar o feriado para ler. Só as palavras me dão alegria, nós sabemos.

Acontece que o tempo me engoliu. Parecia até praga dos que foram pular carnaval
na praça e notaram a minha ausência. Deixei todos os meus livros preferidos de lado e me concentrei em um edital de mestrado cuja data limite de inscrição é hoje. Tinha que elaborar um projeto em sintonia com a linha de pesquisa da instituição, não era bem uma que me interessasse muito, mas havia um ponto em comum, fiquei três dias por conta e a coisa ficou pronta.

Foi quando aconteceu o pior: teria que disponibilizar um currículo lattes, coisa que eu não tinha e dei um jeito de fazer ontem à noite. Depois de preencher todos os dados sou informada que estará disponível na plataforma após 24 horas, hahaha ! Caiu a minha ficha: além de estar sendo engolida pelo tempo, descobri que não sou gente.

Gente tem tablet, tem lattes, tem CNH... Não passo de uma personagem mimada que quer viver dentro de um livro. Não sei cumprir a data das coisas, nem fazer aquilo que é necessário. Sei viver de prazer e liberdade, mas só encontro isso nas palavras, e só com elas que posso contar.

6 comentários:

  1. Então não deu tempo de cumprir tudo? Era pra ser assim...Você tem um ritmo de vida, e é o que gosta, é como é.
    Tudo acontece no tempo certo.
    Se viver de livros e escrita é o que gosta, vamos lá, nós é que ganharemos como isso.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Achei bem legal o teu texto. Eu tb as vezes fico toda enrolada...pior que isso é que esqueco uma porcao de coisa...deve ser a idade...rs.

    Abracos

    ResponderExcluir
  3. Também me dei mal nesse carnaval. Queria escrever, mas acabei abdicando a toa da folia rss nao consegui me dedicar muiito ao meu projeto.

    ResponderExcluir
  4. Como eu me identifico com você Giuliara, é brutal!!! Eu estou me sentindo tão sufocada, mas tão sufocada!!! Não me sinto gente!!!

    ResponderExcluir
  5. Querida, somos gente sim...apenas gente que ama livros...e vive num mundo um pouco mais encantado.
    Mas imagino que os livros, deliciosos companheiros, devem ter-lhe transformado em uma "gente" deliciosamente boa de conversa, de idéias e afins...
    Lembro-me que mamãe dizia que não eramos gente pq em casa não tinha microondas...mas do nosso forninho elétrico saiam coisas magnificas...
    Somos gente sim, e com orgulho...bjo

    ResponderExcluir
  6. Pandora minha doce menina que é gente demais! É GENTE com letras maísculas e isso que aconteceu não és a única.
    Posso te dar as mãos?

    Feliz em ver as minhas duas meninas dando show por aqui.

    Tenhos alguns contos que quando quiser posso ceder para você postar por aqui;. É só avisar qdo precisar OK?

    Parabéns!!!
    O Especial Jane Austen!vai ao ar HOJE!!!

    Bjs

    ResponderExcluir

Para receber as postagens por e-mail:

Digite seu email aqui:

Delivered by FeedBurner